Ocultismo e Satanismo na Musica no Rock e Heavy Metal - (Secular)
 


    SÃO MIGUEL ARCANJO - NOTICIAS FAVORITOS -SÃO MIGUEL ARCANJO


     

    Compartilhe e divulgue o nosso trabalho a mais devotos
                  

     

    Ajude divulgar nosso site vote no botão +1 google

        

 

 

 

Desde suas raízes o rock sempre foi associado de uma forma ou de outra ao ocultismo. Mesmo quando não associado diretamente a adoração ao demônio o Rock tem sido frequentemente acusado de incitar a rebeldia e despertar sentimentos violentos nos jovens. O objetivo desta página não é acusar o Rock nem de maneira alguma denegrir a imagem das bandas aqui citadas. Interpreto os casos e temas aqui citados, mesmo que pareçam negativos, apenas como mais uma das facetas da ousadia de astúcia de Satanás através do Rock secular. [www.arcanjomiguel.net]
O assunto desta página tenta demonstrar como o "diabo" se "camufla" em meio as letras e atitudes de bandas e personalidades, alcançando um número inimaginavel de pessoas que são levadas ao engano sem ao menos perceberem.
As fontes e parte do material aqui contido são livros evangélicos norte-americanos de acusação ao rock, sem dizer a própria vivência que tive nesse meio do  "Rock 'in Roll - secular" que percorri por aproximadamente 20 anos, intensamente vividos, me aprofundando do som mais leve ao mais extremo (meu preferido), e conhecendo bem o  que aqui é relatado, não quero agredir os que ainda curtem esse tipo de som, e nem faço referência a musicabilidade, mais sim ao conteúdo das letras que fazem apologia ao satanismo discreta ou explicitamente, levando as pessoas a um mundo tenebroso espiritualmente falando, portanto algumas coisas contidas em meio o material são citados apenas como curiosidade. Na maioria dos casos, quando se afirma algo como “ao girar um disco do Led Zeppelin ao inverso se ouvem mensagens satânicas” .
Não serão muito abordados neste texto bandas declaramente satânicas ou bandas que abordam constantemente o tema. O assunto aqui é ocultismo, satanismo, religião, etc de bandas que não são normalmente consideradas deste tipo. Também não serão na maioria dos casos abordadas bandas obscuras, cabe a cada "fã" saber aquilo que ouve.
Os Motivos da Associação Frequente entre Rock e Satanismo
Quais seriam as razões das frequentes acusações de grupos, principalmente evangélicos, sobre a ligação entre rock e adoração ao demônio?
a) O rock de uma maneira geral prega a rebeldia contra os costumes vigentes e ataca o sistema vigente, incluindo a religião vigente. Esta anti-religião facilmente é confundida com uma religião anti-cristã.
b) O rock prega o hedonismo, o que é contrário à pregação das igrejas cristãs e frequentemente associado a satanismo. Na realidade o hedonismo, o gozo máximo dos prazeres terrenos (drogas, sexo) é realmente um dos princípios da maior parte das seitas satanistas.
c) O rock prega o individualismo, a vontade própria acima da vontade da maioria. Este é um outro ponto fundamental das seitas satanistas, sendo inclusive o resumo do pensamento do “satanista” inglês Aleister Crowley: “Faz o que tu queres, há de ser tudo da lei”, citado até por Raul Seixas em uma de suas melodias. Isso será melhor abordado adiante. [www.arcanjomiguel.net]
Devido fundamentalmente a estas três características o rock foi a início taxado de demoníaco. Com as acusações já existentes algumas bandas resolveram levar a polêmica adiante, propositalmente ou não. O maior motivo das acusações de satanismo nas duas últimas décadas se deve ao fato de muitos rock-stars terem adotado abertamente uma atitude (ou ao menos uma aparência) demoníaca, (como Kiss, Ozzy Osbourne, Alice Cooper, Wasp, etc) enquanto outros abordam com certa frequência o tema do oculto (Rolling Stones, Iron Maiden, Black Sabbath, AC/DC, Slayer, Venom, Cannibal Corpse, Krisiun e muitas outras). Este interesse em parecer demoníaco ou abordar temas demoníacos pode ser explicado facilmente por qualquer uma das seguintes alternativas:
a) Arte. Uma música que aborda o tema satanismo pode ser considerada apenas uma expressão artística sobre o tema, assim como um bom livro ou filme de terror.
b) Rebeldia. A abordagem de temas “proibidos” pode ser apenas mais uma maneira de chocar a sociedade conservadora. Além do mais o ser humano tem uma tendência a apreciar o que é proibido pela maioria.
c) Interesse pelo oculto, o que não implica diretamente ou obrigatoriamente em satanismo. O tema do oculto pode ser abordado apenas pelo fato de despertar interesse e não por despertar credos religiosos.
d) Forma Camuflada de adoração a Satãn, atingir mentes e conduzir indivíduos a serem reféns do prazer carnal com tempero de ódio e rebeldia, alimento que sempre fora oferecido por satanás desde sua queda. [www.arcanjomiguel.net]
Algumas Bandas e Artistas Acusados de Satanismo
Robert Johnson – Artista de blues da década de 30 que influenciou direta ou indiretamente todo o cenário do rock. Robert Johnson dizia ter feito um pacto com o demônio em troca de sua musicalidade e do sucesso, tendo abordado este tema em suas músicas. O filme Crossroads (A Encruzilhada, com Ralph Machio, o garoto de Karate Kid) aborda superficialmente a história de Robert Johnson, que morreu envenenado por um marido traído. [www.arcanjomiguel.net]
 
Rolling Stones – A primeira banda a abordar o tema satanismo em suas letras com a música Simpathy For The Devil (Simpatia pelo Demônio) e o disco entitulado Their Satanics Majesties Request (Serviço de Sua Majestade Satânica). Além disso em diversos discos colocaram referências a satanismo ou vodoo, como nos álbuns Goats Head Soup (gravuras do encarte) e no álbum Voodo Lounge.
Beatles -  Em seus últimos discos abordaram religiões orientais com frequência além de terem abusado do experimentalismo com drogas. John Lennon foi um estudioso do bruxo inglês Aleister Crowley. Crowley é uma das figuras presentes na capa do álbum Sgt Peppers, citado também por Ozzy em uma de suas canções chamada Mr. Crowley.
Volta e meia o mundo é sacudido por algum fato, história ou boato a respeito do 'fenômeno' Beatles. Nenhuma banda ou grupo, em tempo algum, conseguiu influenciar tanto, tantas gerações seguidas como os Beatles. Mesmo após terem se passado três décadas da separação da banda ainda se percebe vez ou outra alguma influência, seja nos sons, ritmo ou letras que lembram algo deles. A verdade é que o rock estava em declínio nos Estados Unidos, quando os Beatles surgiram, no início dos anos 60. Os principais líderes da revolução rock haviam saído de circulação. Elvis Presley estava no exército e Chuck Berry na prisão. Buddy Holly e Eddy Cochran haviam morrido. Enfim, a música pop, que havia surgido na década anterior, apresentava evidentes sinais de desgaste. A banda foi, portanto, um dos maiores canais de divulgação das seitas orientais, do uso indiscriminado das drogas, principalmente as alucinógenas e da rebeldia deflagrada contra a sociedade já desgastada e de certa forma conservadora. O 'gosto' pelas mensagens subliminares começou depois de uma visita do ex-beatle George Harrison à India em 1967, quando foi iniciado na seita hindu conhecida como Hare Krishna, pelo guru Bhaktivedanta Swami Prabhupada, tornando-se adepto do movimento e seu maior divulgador no mundo ocidental. O movimento Hare Krishna (Hare=modo imperativo do verbo Hara, que significa 'vibrar', e Krishna é o nome de um deus na India) cresceria a partir de então de maneira assustadora, através da influencia causada pelos conteúdos do movimento contidos nos discos do grupo, como frases ou mantras (mantra=frases ou cânticos que são utilizados como invocatórios de entidades, semelhantes às utilizadas na Umbanda, Candomblé, Vodu, etc.). Estas influências podem ser destacadas principalmente nos discos: My Sweet Lord (Meu doce senhor), Living in the Material World (Vivendo no mundo material), Within You, without You (Dentro de você, sem você), The Hare Krishna Mantra (O mantra Hare Krishna). O excesso no uso indiscriminado de drogas, o orgulho exacerbado devido à fama, status e muito dinheiro, foram pouco a pouco minando e desagregando a união do grupo, até a dissolução total, quando cada um seguiu sua carreira solo. Não custa lembrar a infeliz e 'maldita' declaração de Lennon, que eles, Beatles, eram mais populares que Jesus Cristo. E aí, o sonho acabou... [www.arcanjomiguel.net]
 Consumo de drogas A canção "Lucy in the Sky with Diamonds" tem como iniciais as letras L.S.D (sigla do 'Acido Alisérgico') droga muito difundida na década de 60. Caetano Veloso, no movimento contemporâneo aos Beatles no Brasil, chamado tropicália, repetiria a dose com a canção "Alegria, alegria", que também tem a mesma sigla - L.S.D. A canção "Day in the life" diz respeito a uma atemorizante viagem psicotrópica. "Yellow Submarine", grande sucesso do grupo, era na verdade uma gíria para drogas. A canção "Magical mystery tour" faz o seguinte convite: '...Arregace sua manga, arregace sua manga, a tournée e misteriosa vem para lhe arrebatar...' A canção "Hey Jude", que pode ser traduzida também como 'Hey viciado' faz uma alusão clara às drogas, mais especificamente à uma agulha debaixo da pele: '...Lembre-se de deixá-la entrar debaixo de sua pele, e então começara a sentir-se melhor'. A revista Time depois de analisar o álbum "Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band" (A Banda do Clube dos desamparados do Sargento Pimenta, gravado em 1967), descreveu o trabalho como 'ensopado' nas drogas.
 Necrofilia Estive analisando o 'Álbum Branco' e certamente a música (se é que pode classificá-la desta forma) "Revolucion 9" é a mais estranha e misteriosa de todas as músicas que o grupo produziu. O que mais nos chamou a atenção, é que ela lembra uma alucinante viagem de ácido, e, dentre os sons de sirenes, gemidos de crianças, grunhidos de porcos, metralhadoras, etc., a única frase inteligível é "Number Nine". Ora, isso nos levou quase que instintivamente a ouvir esta frase, em rotação contrária, e qual foi a nossa surpresa, a frase em 'backward masking' diz: "Turn me on DIED man" - Excite-me homem morto!
 Ocultismo Na canção "Revolucion 9", este número é repetido várias vezes nesta música. O número 9 é um dos números mais usados no ocultismo. As canções "Helter-Skelter" (Grande Confusão), "Blackbird" (Pássaro Negro), "Piggies" (Porcos), "Revolucion 1" e "Revolucion 9", contém mensagens declaradamente ocultistas, contidas nas entrelinhas, ou seja - subliminares, e o mais interessante, estas cinco, fazem parte do "Álbum Branco" [www.arcanjomiguel.net]
Violência Uma das músicas que incitam ao crime é "Piggies". A parte final desta música descreve casais de Piggies (porcos) comendo bacon de garfo e faca. Na canção "Revolucion 9" nós observamos sons de metralhadora disparando e pessoas chorando, gritando ou morrendo.
 Nas capas
Sgt. Pepper's (1967)
Título da 1ª foto: "Sgt. Pepper's se tornou o hino oficial da cultura hippie" (S.Lawhead, Rock Reconsidered) Afirma-se que o grupo gastou cerca de 400 horas com a gravação deste álbum, das quais 200 foram empregadas na inserção de mensagens subliminares (Youth Aflame-out/82). Este álbum é caracterizado pela policromia modal (entrelaçamento de ritmos, utilização de recursos técnicos e música erudita). Este trabalho marca também a transição do rock tradicional para o rock progressivo. Esta capa está recheada de mensagens subliminares. Veja que estranhas estas declarações de Paulo Coelho (As Valkirias - pág. 127):
"... E as pessoas sempre respeitam mais aquele que diz coisas que ninguém entende. Do resto - Hare Krishna, Meninos de Deus, Igreja de Satã, Maharishi -, do resto todo mundo participava. A Besta - a Besta só para os eleitos! 'A lei do forte', dizia um texto dela. A Besta estava na capa do Sargent Pepper's, um dos mais conhecidos discos dos Beatles - e quase ninguém sabia. Talvez nem os Beatles soubessem o que estavam fazendo quando colocaram aquela fotografia lá".
Alister Crowley
Paulo Coelho, ex-parceiro de Raul Seixas na composição de dezenas de músicas, neste trecho estaria fazendo uma citação ou referência a foto de Aliester Crowley, que estaria colocada nesta capa. Crowley (falecido em 1947), de quem eram discípulos indiretos, pois nem Raul Seixas, nem Coelho chegaram a conhecê-lo pessoalmente, é considerado o maior satanista deste século, e até hoje é cultuado por seus seguidores, e que usava também este nome "A Besta". Conta-se que certa vez, durante um ritual satânico, sado-masoquista, Crowley fizera com que uma mulher praticasse uma relação sexual com um bode (o animal mais cultuado dentro do satanismo) e no momento do orgasmo, este teria imolado o animal, cortando seu pescoço.
 Charles Manson
A prova mais concreta dos efeitos das mensagens subliminares dos Beatles. Ninguém interpretou mais realisticamente e encarnou tão enlouquecidamente as mensagens contidas nas entrelinhas dos trabalhos dos Beatles, como Charles Manson, ou Charles The "Man's Son" (Charles, o filho do Homem, maneira pela qual era chamado Jesus Cristo, no evangelho). Não assinava mais Charles Milles Manson, mas "Charles Will is Man's Son" Charles era o líder e uma espécie de guru de um pequeno grupo de hippies chamado 'A Família', que viviam na periferia das cidades, vendendo drogas, praticando sexo grupal, roubando e realizando cerimônias ritualisticas. Ficavam ouvindo durante horas seguidas suas canções em busca de pistas e símbolos ocultos. Eram na verdade uma espécie de seita, destas apocalípticas de alucinados fanáticos que volta e meia aparecem na mídia atual. Quando os Beatles lançaram o 'Álbum Branco', ele gastou muito dinheiro (em cartões de crédito roubados, claro!) ligando para Londres e deixando recados como "Diga ao Paul e ao John que eu entendi tudo!", como se as mensagens do disco fossem realmente dirigidas a ele. Em 9 de agosto de 1969, Manson começaria a ter notoriedade internacional como um dos ícones mais idolatrados deste século. Ex-presidiário, carismático e desesperadamente apaixonado pelos Beatles, Manson e a 'família' cometeriam um dos crimes mais hediondos da história. Cinco pessoas pagaram com a vida, as loucas interpretações das letras das músicas inspiradoras dos homicídios. Eles entraram na mansão em Beverly Hills, alugada pelo cineasta Roman Polanski (diretor de 'O bebê de Rosemary'). Curiosamente uma das vítimas era sua esposa, a bela Sharon Tate, atriz promissora, com 26 anos de idade e que estava grávida de oito meses. Mesmo assim, ela não foi poupada, seu corpo foi perfurado 16 vezes pela longa lâmina de uma baioneta, e depois, enforcada. Os assassinos confessaram depois que gostariam de ter arrancado o bebe de sua barriga. Na noite seguinte, o grupo entraria em outra mansão e repetiria a tragédia com o casal Leno e Rosemary La Bianca, proprietários de uma rede de supermercados, considerados "piggies", porcos, para Manson. Vicente Bugliosi, que foi designado pela justiça norte-americana como promotor para atuar nos casos Sharon e La Bianca, no final do processo escreveu um livro sobre o caso com a colaboração de Curty Gentry (Manson: Retrato de um crime repugnante. Tradução de A.B.Pinheiro Lemos. Editora Record-1978. R.Janeiro. 705 páginas). Vicente constatou a incrível semelhança da cena que viu, o casal morto com dezenas de golpes de garfos e facas e na parede, escrita com o próprio sangue, a frase "Death to Piggies" (morte aos porcos) com a música dos Beatles - "Piggies". Segundo Manson, os brancos ricos eram os 'piggies' e a revolução negra era descrita em 'Blackbird' e 'Revolucion 9' virou 'Revelacion 9' como sinal de sua confusa ideologia, fazendo analogia ao Novo Testamento. Outra música que o levou a prática de crimes foi "Helter-Skelter", onde se ouve grunhido de porcos e metralhadora disparando. Cria também que os Beatles eram os 4 anjos mencionados no livro do Apocalipse, último livro da Bíblia, e que ele, Charles era o quinto anjo do mesmo livro, ou o quinto beatle, Stuart Sutcliff, que em 1962, morrera na Alemanha. Se as teses de Vicente Bugliosi são infundadas, por que G.Harrison não permitiu as citações das letras do grupo em seu livro?
Manson continua fazendo discípulos
Mesmo cumprindo prisão perpétua numa penitenciária, Manson continua fazendo discípulos na música pop. Um dos casos mais recentes foi o de Axl Rose, da banda Guns N' Roses. "The Spaghetti Incident" seria apenas mais um disco da banda, se entre as músicas não houvesse a "Look at your game, girl" de ninguém menos que Charles Manson. Axl que durante muitos shows da banda também desfilou com a imagem de Manson estampada numa camiseta, tentou justificar a escolha da canção de Manson, um dos assassinos mais frios que o mundo conheceu, porque a música tinha uma letra 'interessante'. O mais novo fã usa o nome de Manson junto com o de Marilyn Monroe, no seu nome artístico. Trata-se de Marilyn Manson, andrógino, bissexual, satanista assumido que chega a assustar até mesmo metaleiros pesados, fãs de Iron Maiden, Ozzy e companhia. Anton La Vey, autor da Bíblia Satânica e fundador da Igreja de Satã, nos Estados Unidos (já falecido), consagrou Marilyn sacerdote satanista antes de falecer.

 
 Black Sabbath – A primeira banda a adotar abertamente uma temática e visual satânicos. O nome Black Sabbath é uma referência a encontros de feiticeiras. Seus álbuns são algumas vezes adornados com cruzes e demônios. Além disso muitas letras falam de Satan, como NIB e War Pigs.O grupo confessa ser Satanás o senhor deste mundo, e acrescenta: "...Diabo possuidor..." Entende o grupo de todos os jovens devem entregar suas almas ao demônio. Em seus shows, o conjunto incita a platéia a fazer um pacto com Satanás. Segundo testemunhas oculares, não poucas pessoas, entre as quais crianças, têm atendido a esses apelos, prostrando-se ante o tenebroso altar do Black Sabbath.

 
Ozzy Osbourne – Ex-vocalista do Black Sabbath. Embora não tenha abordado profundamente em suas letras a temática satanista, desenvolveu um visual demoníaco, com maquiagem pesada e mesmo lentes de contato vermelha. A música Suicide Solution foi acusada de gerar suicidios de jovens. Durante uma reunião executiva da CBS, deu uma mordida na cabeça de uma pomba viva, para que se lembrassem dele daquela maneira, enquanto cuspia os restos na mesa onde estavam reunidos. Durante um show em Iowa, nos Estados Unidos, em janeiro de 1982, matou a dentadas um morcego doado por um espectador, cuspindo os restos diante da platéia que delirava com isso (imagem à direita).

 
 Led Zeppelin – Com certeza a banda mais acusada de ter temas satanistas escondidos em suas letras gravados de tras para frente. O certo é que o guitarrista Jimmy Page foi um profundo estudioso do bruxo inglês Aleister Crowley, chegando a comprar a mansão deste. A morte do baterista John Bonhan e frequentes acidentes envolvendo os membros restantes são considerados por muitos provas definitivas do pacto feito entre a banda e o demônio. Na mais famosa música da banda, "Stairway to Heaven", foram encontradas várias mensagens: [www.arcanjomiguel.net]
1ª primeira: "Oh it's my sweet Satan" ("Oh, é meu doce satanás").
2ª segunda: "The one will be the path would make me sad whose power is Satan" ("Único será o caminho que me deixará triste, cujo poder é Satan").
3ª Terceira: "wish it would snow" (Eu gostaria que nevasse").
4ª Quarta: "Six, six, six" ("Seis, seis, seis").
Na música "Over the Hills and Far Away" (Led Zeppelin), quando executada ao contrário, pode ser ouvida a seguinte mensagem: "Satan's really lord" ("Satanás relmente é o senhor").

 
Alice Cooper – O codinome do vocalista (e da banda) segundo ele próprio foi sugerido em uma mesa de ouija (algo semelhante ao “jogo do copo”) por um espírito. O visual com maquiagem viria a ser copiado exaustivamente.
Eagles – Embora não tenham absolutamente nenhuma aparência ou temática satânica em sua letras, um ex-produtor acusou a banda de ligações com a organização conhecida como Igreja de Satan. Logo mais descobriu-se que a música Hotel California possuia mensagens satânicas gravadas ao inverso e que tratava na realidade sobre a sede da Igreja de Satan no estado da Califórnia, que havia sido anteriormente um hotel.
Doors – O vocalista Jim Morrison se casou em um ritual pagão com uma bruxa. Além disto Jim Morrison dizia trazer dentro de si o espírito de um feiticeiro índio, um “shaman”. O líder e vocalista da banda The Doors dizia ter sido possuído por espíritos quando assistiu a um acidente automobilistico que matou diversos índios. 
Iron Maiden – Após terem lançado o disco The Number of The Beast (o número da besta) passaram a ser frequentemente taxados de satanistas embora raramente abordem o tema. A mascote Eddie (um simpático morto vivo) das capas dos discos é frequentemente associada a um demônio. [www.arcanjomiguel.net]
Kiss – Embora não costume abordar temas satânicos em suas letras o visual carregado e truques de palco do baixista Gene Simons (que se veste e se maquia como um vampiro, vomita sangue e cospe fogo) levou parte da opinião pública a taxar a banda de satanistas. O nome Kiss (beijo) chegou a ser interpretado como sigla para Kids In Sata’s Service (Crianças a Serviço de Satan) ou Knights In Satan’s Service (Cavaleiros a Serviço de Satan). Boatos informavam ainda que a banda fazia sacrificios de animais em seus shows embora isso nunca tenha sido presenciado. O grupo é acusado de praticar atos de sadismo contra suas jovens fãs. Em sua musica "Criaturas da Noite", o Kiss expõe esse torpe intento: "Eu sempre quis provar o gosto da carne humana. Eu sempre quis ser canibal".
AC/DC – Com o álbum Highway To Hell (Auto Estrada para o Inferno) e músicas como Hell’s Bells (Sinos do Inferno) foi prontamente taxada de satanista. A situação piorou quando um conhecido assassino serial psicopata conhecido como “Night Stalker” (Rastejador Noturno) afirmou matar influenciado pelas letras da banda. Todo mundo atribui o nome da banda ao termo “Alternating Current/Direct Current” (ou, traduzindo para o português, Corrente Alternada/Corrente Contínua). Tal nome teria sido achado na placa existente atrás de uma máquina de costura de Margaret Young, irmã de Angus e Malcolm, que dão suporte à teoria. Algumas figuras religiosas, no entanto, postulam que o significado da sigla advém de “Anti Christ/Devil’s Children” ou Anti-Cristo/Filhos do Demônio, querendo taxar o grupo musical de ser ligado ao satanismo, uma vez que repudiavam o rock pesado e a atitude do grupo, que não estava de acordo com o conservadorismo religioso defendido por estes. A banda nega veementemente essa origem para o nome. [www.arcanjomiguel.net]
Mercyful Fate – banda Dinamarquesa de grande influência e cuja marca principal é o visual satânico do vocalista King Diamond (que mais tarde seguiu carreira solo). King Diamond afirmava dormir em um caixão e ser capaz de falar de trás para frente e imprensa acreditava. A banda usava (e usa) na decoração de seu palco restos humanos (ossos) reais, o que não constitui crime na Dinamarca.

 
Slayer um dos grupos de rock satânico mais ousados e malignos do mundo, destaca todo o tipo de satanismo e malignidades em suas músicas. Praticamente todas as imagens relacionadas com o grupo são diretamente relacionadas com o ocultismo e com o satanismo, como símbolos e gestos. É um dos grupos que mais abertamente faz alusão ao satanismo. O símbolo do grupo é nada mais nada menos que o Pentagrama.
No disco "Diabolus in musica" como o grupo gosta, enfatiza abertamente a junção rock+satanismo, o nome já revela seu propósito: Nada mais satânico ou maligno como "diabo na música"...  Em sua imagem, uma pessoa estranha, careca, com uma roupa preta com uma cruz grande no peito e algo branco no rosto, como uma máscara. Seria a imagem de um adorador do diabo? Ou seria um componente do grupo "vestido de diabo"? 
Só com essa imagem aí (sem o encarte em mãos) fica a dúvida do que seria exatamente. Vamos tentar ter acesso ao encarte do CD para uma análise mais minuciosa e abrangente; e caso consigamos, publicaremos o resultado. Não sabemos se com o encarte em mãos consegue-se ter essa certeza, mas como o grupo não costuma esconder as coisas, há a possibilidade. Uma coisa é certa: coisa boa não é!
A realidade é que só com o nome do disco e essa imagem da capa já podemos perceber como o grupo joga pesado e abertamente juntamente com o Satanismo. Devemos nos manter mais distantes possível desse tipo de material e música, em algumas de suas letras eles dizem para que os ouvintes permitam que o diabo guie e seja o deus de suas vidas.
 OBS.: Não estou discutindo a qualidade musical ou o estilo do grupo. Ouvi muito esse som e por saber do seu conteudo é que não indico a ninguém, é a mais pura adoração ao "diabo", sem dizer que é uma manifestação descarada contra Deus, a banda é boa sim, mas o que adianta o sucesso o que adianta a grana se ao final perderam suas almas se não entregarem suas vidas a Cristo, o Cristo que tanto tem prazer em negar, não passam de "uns judas musicais". Portanto não adianta mandar e-mails falando que a banda é perfeita ou coisas do tipo, ouvi muito isso, e sei o conteúdo infernal que ela possui, infelizmente são excelentes músicos a serviço de Satãn, almas perdidas que se não se renderem a Deus passaram férias infinitas no inferno.

 
Um fã da banda Slayer escreveu na Spin Magazine (Maio de 1989): "Eu odeio seu Deus Jesus Cristo. Satan é meu senhor. Eu sacrifico animais para ele. Meu deus é o Slayer. São nas letras de sua música que acredito." [www.arcanjomiguel.net]


Raul Seixas 
 

 

 

 

 

 

 

 
Música: "Gitã"
Vou comentar abaixo, dos lados dos versos, em negrito, os comentários satânicos nesta música, que por si só, é a expressão do diabo, falando com Raul Seixas. Uma música repleta de blasfêmias! Veja: 
Composição: Uns websites informam Desconhecido e outros o próprio Raul Seixas

 
"Eu que já andei pelos quatro cantos do mundo
Procurando ... Foi justamente num sonho Que ele me falou ..." (Observe claramente que Raul disse que procurou tal revelação de diversas formas, até que o deminio se apresentou a ele em sonhos, com as declarações abaixo)
Às vezes você me pergunta
Por que é que eu sou tão calado (Nem a pessoa oprimida vê ou ouve o demônio que a oprime)
Não falo de amor quase nada (O diabo nao pode amar)
Nem fico sorrindo ao teu lado (O diabo não pode sorrir)
Você pensa em mim toda hora (Satanás acusa Raul Seixas de seus pensamentos pecaminosos)
Me come me cospe e me deixa (... e ainda diz que Raul Seixas vive na dependência dele)
Talvez você não entenda
Mas hoje eu vou lhe mostrar (Aqui começam as declarações)
Antes de partir para a continuação da música, quero dizer que Deus é o grande "Eu Sou", Javé, e não divide sua glória com ninguém. Satanás, o mentiroro, diz diversas vezes abaixo, que é "eu sou", em variadas formas:
Eu sou a luz das estrelas (como caíste do céu, estrela da manhã - Lúcifer)
Eu sou a cor do luar
Eu sou as coisas da vida (pois o mundo jaz no Maligno)
Eu sou o medo de amar (pois o Deus é amor)
Eu sou o medo do fraco (pois quando estamos fracos, aí sim estamos fortes)
A força da imaginação (o mestre na ilusão)
O blefe do jogador (o pai da mentira)
Eu sou, eu fui, eu vou (mentira: JESUS era, é e sempre será)
Eu sou o seu sacrifício (sacrifício de tolo, o pecado)
A placa de contramão (ser cristão é remar contra a maré)
O sangue no olhar do vampiro (satanás ridiculariza o sangue)
E as juras de maldição (maldito, amaldiçoador)
Eu sou a vela que acende (idolatria)
Eu sou a luz que se apaga (trevas)
Eu sou a beira do abismo (caminho para o inferno)
Eu sou o tudo e o nada (o diabo não é NADA)
Por que você me pergunta? Perguntas não vão lhe mostrar
Que eu sou feito da terra, do fogo, da água e do ar (os 4 elementos básicos do Espiritismo)
Você me tem todo dia (o diabo anda ao nosso derredor) [www.arcanjomiguel.net]
Mas não sabe se é bom ou ruim (o incrédulo não sabe discernir)
Mas saiba que eu estou em você (aqui ele diz para Raul Seixas que estava possuindo seu corpo)
Mas você não está em mim
Das telhas eu sou o telhado
A pesca do pescador (Somos pescadores de almas, e não de espíritos imundos)
A letra "A" tem meu nome (diAbo)
Dos sonhos eu sou o amor (só nos sonhos satanás consegue amar. Muitos sonham em acreditar nas promessas do Maligno)
Eu sou a dona de casa
Nos pegue-pagues do mundo (as lutas do dia a dia)
Eu sou a mão do carrasco (crueldade, os carrascos crucificaram Jesus)
Sou raso, largo, profundo
Eu sou a mosca da sopa
E o dente do tubarão
Eu sou os olhos do cego (O cego espiritualmente, encherga apenas o que o diabo o permite ver, pois está condicionado)
 
E a cegueira da visão (Aqui ele cega o entendimento do incrédulo, conforme a Bíblia diz)
Mas eu sou o amargo da língua (Mas Jesus é doce)
A mãe, o pai e o avô
O filho que ainda não veio (O Anticristo)
O ínicio, o fim e o meio
Eu sou o início, o fim e o meio
Eu sou o início, o fim e o meio
Eu sou o início, o fim e o meio.

 
Observe que no final da musica ele repete varias vezes que é o inicio, o fim e o meio. Engana-se, pois apenas Jesus é o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim de todas as coisas.

 

 

 
 
Correntes “Satânicas” Que Influenciaram o Rock

 
 
Aleister Crowley foi um filósofo Inglês do século 19, considerado por muitos um bruxo e satanista. Seu pensamento e pregação se resumiam basicamente no conteúdo da obra chamada Livro da Lei e na doutrina conhecida por Thelema (palavra grega que significa vontade) e que pode ser resumida em “Faz o que quiseres que tudo deve ser da lei. Todo homem é um indivíduo único e tem direito a viver como quiser”.
Os princípios hedonistas de Crowley, com a pregação do aproveitamento dos prazeres terrenos, incluindo sexo e drogas, foram base para todas as doutrinas satanistas que se seguiram, embora Crowley não tenha de maneira clara em sua obra se declarado satanista, sendo mais apenas um anti-cristão, tendo tomado para si próprio a denominação de “Número 666″.

 
Por ser uma figura controversa Aleister Crowley despertou muito interesse entre artista de rock.
É Aleister Crowley o sujeito da música Mr Crowley de Ozzy Osbourne.
O disco Seventh Son Of a Seventh Son do Iron Maiden possui várias citações a trechos da obra de Aleister Crowley.
Um dos mais famosos estudiosos da obra de Crowley foi Jimmy Page, Guitarrista do Led Zeppelin. Além de adquirir manuscritos e objetos pessoais de Crowley Page chegou a comprar a mansão do bruxo às margens do Lago Ness onde Crowley teoricamente faria seus rituais.
Aleister Crowley aparece entre os personagens da capa do disco Sgt Peppers Lonely Hearts Club Band dos Beatles.
No rock do Brasil a maior personalidade ligada ao pensamento de Crowley foi Raul Seixas. A música Sociedade Alternativa, entre outras, são exemplos disto. Ao final de Sociedade Alternativa Raul Seixas grita para o público: “O Número 666 chama-se Aleister Crowley. A lei de Thelema… esta é a nossa lei e a alegria do mundo. Faz o que tu queres, há de ser tudo da lei. Todo homem e toda mulher é uma estrela.” Tratam-se de trechos da obra de Crowley. [www.arcanjomiguel.net]

 
H. P. Lovecraft

 
Howard Philips Lovecraft foi um escrito de ficção nascido em 1890 e morto em 1937. É considerado um dos pais da ficção e do terror modernos na literatura.
Lovecraft costumava fazer parecer em seus livros que os demônios e rituais citados eram reais, inclusive citando como fontes de seus conhecimentos a mitologia grega, egípcia, árabe e assíria embora tudo não passasse de ficção. Costumava citar frequentemente em seus contos demônios como Cthulhu e Shub-Nigurath além de abordar os rituais de invocação que haveriam escritos em um livro chamado Necronomicon (Livro dos Mortos).
O livro dos mortos nunca existiu, porém Lovecraft o tratava de forma tão detalhada em seus livros que chegaram a se criar seitas de estudo do Necronomicon e várias versões foram forjadas deste livro. O Necronomicon é o livro tema da série de filmes A Morte do Demônio (Uma Noite Alucinante) em que um grupo de jovens invoca sem querer forças incontroláveis. É também baseada na obra de Lovecraft a série Re-Animator entre muutos outros filmes e livros.

 
A influência de Lovecraft entre bandas de rock é apenas literária, mas os demônios e rituais de sua obra costumam ser confundidas com uma religião de verdade, o que leva muitos a considerarem isto satanismo.
A música Call of Cthulhu do Metallica é baseada no livro de mesmo nome de H. P. Lovecraft. Cthulhu é uma criatura (um demônio) que dormiria no fundo dos oceanos, se comunicando com os humanos através de sonhos. [www.arcanjomiguel.net]
Na capa do disco Live After Death do Iron Maiden é de H. P. Lovecraft a citação escrita na lápide da sepultura de Eddie. That is not dead which can eternal lie, And with strange aeons even death may die.” A tradução aproximada seria “Não está morto o que eternamente jaz inanimado, e em realidades estranhas até a morte pode ser vencida”. Obviamente o trecho, que seria uma citação do Necronomicon, trata sobre a vida após a morte.

 
Igreja de Satan (Church Of Satan) de Antony LaVey

 
Antony LaVey é considerado o pai do Satanismo moderno sendo o fundador da seita satânica mais espalhada e mais influente em todo o mundo. Os preceitos de sua seita são bastante semelhantes aos preceitos de Crowley, pregando o prazer terreno e o abuso de drogas e sexo como meio de encontrar este prazer. A Church Of Satan tem ainda como característica a finalidade de ridicularizar e denegrir a imagem de Cristo e da igreja católica, mostrando o Deus cristão como causador dos males da humanidade e Satan como um ser misericordioso e compreensivo, uma alternativa ao Deus carrasco cristão.
Uma das bandas mais conhecidas da década de 70, The Eagles, é acusada por grupos evangélicos de ser particpante do movimento Church Of Satan (a igreja de Antony Lavey). Os boatos surgiram quando a banda foi denunciada como satanista por um ex-produtor vingativo. O principal hit dos Eagles, Hotel California, recentemente relançado, seria uma referência à sede da Igreja de Satan na Califórnia, cujo prédio anteriormente haveria sido um cinema. Ao ouvir o disco ao contrário segundo afirmavam os evangélicos, surgiam mensagens satânicas.
Na música Simpathy For The Devil dos Rolling Stones o personagem principal é o demônio, cantando em primeira pessoa. Mick Jagger confirmou que o fundador da Igreja de Satan, Antony LaVey, foi o inspirador da canção.

 
Citações de Ocultismo em Letras de Rock
Conjuring (Megadeth): “I am the devil’s advocate, a salesman if you will. Come join me in my infernal depths. I’ve got your soul! Obey!”.(Sou o advogado do diabo, um vendedor se você preferir. Venha se juntar a mim nas profundezas do inferno. Sua alma é minha. Obedeça).
The Prince (Metallica): “Angel from below, I wish to sell my soul. Devil, take my soul. With diamonds you repay. I don’t care for heaven so don’t you loonk for me to cry. And I will burn In hell from the day I die.” (Anjo das profundezas, eu quero vender minha alma. Demônio, leve minha alma, com diamantes você paga. Eu não me importo com o paraíso então não espere me ver chorar. E eu vou queimar no inferno a partir do dia em que morrer.)
Burn In Hell (Twisted Sister): “Welcome to the abandoned land. Come on in, child, take my hand. Here there is no work or, only one bill to pay. There’s just five words to say as you go down, down, down. You’re gonna Burn in hell!” (Bemvindo à terra do abandono. Venha, criança, segure minha mão. Aqui não há trabalho, apenas uma conta a pagar. Há apenas cinco palavras a dizer enquanto você cai. Você vai queimar no inferno.) [www.arcanjomiguel.net]
Homebound Train (Bon Jovi): “When I was just a boy the devil took my hand. Took me from my home, he made me a man.” (Quando eu era apenas um garoto o demônio tomou minha mão, me levou de casa e me fez um homem.)

 
Possessed (Suicidal Tendencies): “I’m a prisoner of a demon… It stays with me wherever I go, I can’t break away from its hold. This must be my punishment for selling my soul!” (Sou prisioneiro de um demônio, ele fica comigo onde quer que eu vá e não posso fugir de seu domínio. Deve ser minha punição por vender minha alma.)

 
Incitações ao Suicídio em Letras de Rock

 
O suicídio é considerado por seitas cristãs e espíritas o maior dos insultos a Deus em virtude de ser a negação da vida. Desta forma são consideradas também provas do envolvimento do rock com satanismo a frequente abordagem do tema suicídio.

 
Fade To Black (Metallica): “I have lost the will to live, simply nothing more to give. There is nothing more for me, need the end to set me free.” (Eu perdi a razão de viver, simplesmente não tenho mais nada a dar, não existe nada mais para mim, preciso do fim para me libertar.).
Uma das músicas mais polêmicas da história do rock foi Suicide Solution, de Ozzy Osbourne. Após algumas pessoas terem acusado ser a música a responsável por algusn suicídios de jovens, o Institute for Bio-Acoustics Research foi contratado por grupos evangélicos para fazer uma avaliação da música e o relatório final apontou mensagens subliminares que não seriam audíveis conscientemente mas capazes de influenciar o inconsciente do ouvinte. A mensagem escondida estaria gravada em rotação alterada e seria “Why try, why try? Get the gun and try! Try it! Shoot! Shoot! Shoot!” seguido de uma risada. (Porque não tentar? Pegue uma arma e atire! Atire!) Além disso haveriam na música frequências sonoras especiais capazes de aumentar a capacidade de influência das mensagens subliminares. Acredite se quiser mas antes lembre-se que o “estudo” foi encomendado por um grupo evangélico. [www.arcanjomiguel.net]

 
Curiosamente a música Suicide Solution não trata sobre suicídio como pensa a quase totalidade (inclusive os fãs de Ozzy Osbourne). A música trata sobre alcoolismo e foi escrita por Ozzy quando o vocalista do AC/DC, Bon Scott, morreu de coma alcóolico. A palavra “solution” do título é “solução” no sentido de “mistura” e não no sentido de “resposta”. A tradução correta seria “mistura suicida” se referindo ao álcôol. Isso pode ser facilmente confirmado ao observar a letra que está traduzida e comentada na página de Letras Traduzidas.

 
Crimes e Suicídios Relacionados ao Rock

 
Richard-Ramirez

 

 
O satanista Richard Ramirez, conhecido como Night Stalker, que aterrorizou a califórnia na década de 80, tendo matado mais de 14 pessoas, se declarou um grande fã do AC/Dc
 
Os pais do garoto Steve Boucher, que se suicidou com um tiro na cabeça, tentaram processar a banda AC/DC dizendo ser a música Shoot to Thrill a responsável. O garoto se suicidou sentado sobre um poster do AC/DC.
Em fevereiro de 1986 foi encontrado o corpo enforcado do garoto Phillip Morton, enquanto ao fundo o disco The Wall (com as músicas Goodbye Cruel World e Waiting for the Worms) tocava continuamente.
Em San Antonio, Texas, um garoto de 16 anos matou uma tia a punhaladas e contou à polícia que no momento do crime estava hipnotizado pela música do Pink Floyd, não podendo sequer se lembrar do ocorrido.
Em outubro de 1984 John McCollum, de 19 anos, se matou com um tiro na cabeça enquanto ouvia Suicide Solution de Ozzy Osbourne. Ele ainda estava com headphones quando o corpo foi encontrado.
Em dezembro de 1985 dois garotos de 18 anos, Raymond Belknap e James Vance, depois de ouvir Beyond the Realms of Death (Judas Priest), foram ao playground de uma igreja próxima e se suicidaram com tiros de espingarda. Os pais tentaram mover uma ação contra o Judas Priest.
Dennis Bartts, 16 anos, de Center Point, Texas, informou a um amigo que pretendia encontrar Satan, foi ao campo de futebol da escola e se enforcou na trave enquanto ouvia Highway to Hell (AC/DC) em um walkman. [www.arcanjomiguel.net]
Em 9 de janeiro de 1988 Thomas Sullivan, 14 anos, fã de Ozzy Osbourne, cortou a garganta da mãe e se suicidou em seguida.
Em 12 de abril de 1985, um garoto fanático por heavy metal de 14 anos matou três pessoas. O garoto (que tinha tatuado um grande 666 no peito) informou estar dominado por Eddie (mascote do Iron Maiden) quando cometeu os assassinatos.
Em 1987 foi capturado o assassino serial, ocultista e canibal Gary Heidnik. Em sua casa na Philadelfia os vizinhos escutavam heavy metal durante todo o dia.
 
Outros Fatos Relacionados a Ocultismo no Rock
 
Na capa de Highway To Hell (AC/DC) além de Angus estar fantasiado de demônio o vocalista Bom Scott usa um colar com um pentagrama (símbolo do satanismo). O pentagrama é também o símbolo da banda Slayer.

 

 

 

 

 

 
O símbolo que representa o guitarrista Jimmy Page (algo semelhante a Zoso) segundo alguns trata-se de um 666 estilizado.

 
Na revista Smash Hits Jon Bon Jovi declarou: “Eu mataria minha mãe pelo rock and roll… eu venderia minha alma.”

 

 



 
Trey Azagthoh, guitarrista do Morbid Angel, se declara um vampiro e nos shows costuma se morder e beber seu próprio sangue. A mania teve início quando ao se cortar ele chupou o próprio sangue para evitar que escorresse e o sujasse inteiro. Terminou gostando.

 











Em 1992 a banda Iron Maiden foi proibida de tocar no Chile. A Igreja Católica pediu ao governo providências contra a apresentação da banda e foi atendida. Segundo a igreja a música Bring Your Daughter To The Slaughter incitava o assassinato e The Number Of The Beast incitava satanismo e assassinatos.

 
David Bowie

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
David Bowie em entrevista à Rollign Stone prestou o seguinte depoimento: “O rock semrpe foi a música do demônio. Eu acredito que o rock and roll seja perigoso. Sinto que estamos brincando com algo mais assustador do que nós mesmos.”


Red Hot Chili Peppers

 

 

 

 

 

 
Ao receber o MTV Awards de 1992 o grupo Red Hot Chili Peppers fez o seguinte agradecimento: “Antes de mais nada queremos agradecer a Satan!”

 

 
Angus Young - AC DC

 

 

 

 

 

 

 

 

 
Angus Young, guitarrista da banda AC/DC em entrevista à Hit parader: “Eu sou apenas um instrumento. Quando subo ao palco alguma coisa me possui e me faz agir.”
 
A música The Temples of Syrinx do álbum 2112 do Rush tem como tema o deus pagão Pã, constantemente associado ao demônio.

 
Led Zeppelin em 1974, durante o lançamento do primeiro disco da gravadora Swan Song, comandada por seus componentes, foi armada uma festa (em uma caverna) com temática de ocultismo que incluia mulheres nuas encenando uma missa negra e garotas vestidas de freiras fazendo strip tease.
A fascinação de Jimmy Page (guitarrista do Led Zeppelin) pelo oculto era tão grande que ele chegou a possuir a maior loja de livros de ocultismo da Europa, chamada The Equinox. Sua curiosidade sobre a obra de Crowley o levou a adquirir, além de milhares de objetos pessoais, livros e manuscrito, a mansão de Crowley, chamada Boleskine, localizada às margens do Lago Ness. Segundo contam as lendas Crowley praticava rituais satanicos na casa. Depois que Jimmy Page comprou a mansão um caseiro se suicidou inexplicavelmente e um outro ficou louco. [www.arcanjomiguel.net]
Na edição original em vinil do terceiro álbum do Led Zeppelin constava a inscrição “Do what thou wilt” (Faze o que quiseres) que é um dos ensinamentos de Crowley.

 
O nome da banda Cheap Trick segundo eles próprios foi sugerido em uma mesa de ouija (uma maneira de se comunicar com espíritos semelhante ao “jogo do copo” conhecido no Brasil). Vincent Furnier se tornou Alice Cooper da mesma maneira.

 

 
Em 1992, a banda de hard rock americana Slaughter foi acusada pela família de duas jovens de ter induzido um jovem de 17 anos (namorado de uma) a mata-las. As duas amigas foram mortas a facadas enquanto, segundo testemunhas, a música Fly To The Angels (que Mark Slaughter havia composto para uma ex-namorada que havia morrido de câncer) tocava repetidamente. Foi depois apurado de que o jovem nao era fã do Slaughter propriamente, mas sim da música em si. A turnê do álbum The Wild Life teve de ser interrompida por algum tempo para que eles respodessem ao processo, no qual foram completamente inocentados. (Agradecimentos a Christiano Gonçalves).

 

 

 

 
A Condessa Elisabeth Bathory era filha de nobres Húngaros que sacrificava virgens e tomava banho com sangue para manter sua beleza e juventude eternamente. Tornou-se parte do folclore europeu. Mereceu citações da banda Venom (Countess Bathory), do Cradle Of Filth (The Cruelty And The Beast) e inspirou o nome da banda Bathory.

 

 

 

 

 

 

 
 

 
Marilyn Manson

 
Evidenteente, o Anticristo Superstar marca presença em nossa lista dos álbuns mais satânicos de todos os tempos. No final dos anos 90, enquanto Anton LaVey colia os frutos de seu trabalho e vivia seus últimos dias de vida, Marilyn Manson despontou como o grande porta voz de uma nova geração de satanistas. A afinidade estética e filosófica entre os dois era tão grande que Marilyn foi convidado a escrever o prólogo do último livro de LaVey, Satan Speaks, publicado postumamente em 1997. 


 
Vale lembrar que Mason não é apenas um membro da Igreja de Satã, ele é sim um Reverendo devidamente ordenado e apresentou questões ideologicamente interessantes aos demais membros. Enquanto a maioria dos adeptos sempre condenou o uso de drogas em geral, Marilyn sinceramente admitia sua escolha, seja em suas letras ou entrevistas, de fazer uso de diversos tipos de drogas lícitas e ilícitas. Enquanto a maioria dos adeptos se resguardava do pecado satânico da Falta de Estética e defendia a imagem predatória de gêneros bem definidos (sejam homo ou heterossexuais), Mason apareceu ao mundo como uma figura deliberadamente feia e andrógina.
Apesar de seu estilo pessoal, ninguém questionou que em termos de iconoclastia, questionamento da ortodoxia, emancipação das convenções, ridicularização da hipocrisia e busca pelo individualismo o Anticristo atingiu patamares exemplares. Sua súbita encarnação como um satanista se deu bem cedo, antes mesmo de conhecer as obras do Papa Negro. Numa entrevista para a Black flane, a publicação oficial da Church of Satan ele declarou:
"Depois de dez anos estudando em uma escola cristã, eu fui imundado com idéias como o Armageddon, o Arrebatamento, a Marca da Besta, etc.. Quando eu percebi que nada daquilo iria acontecer Eu me senti afortunado, mas ao mesmo tempo desapontado. Para mim, eu me tornei tudo aquilo que havia me atormentado quando criança. O que eu defini então é que se o Armageddon não iria acontecer, então Eu mesmo o traria o mundo a minha maneira. Hoje eu sento que me tornei tudo aquilo que as pessoas me diziam que eu devia temer. Então neste álbum, eu tomei o papel do Anticristo."
Manson consagrou-se ao ser o grande âncora para o satanismo do novo milênio. Em seus álbuns, e com grande destaque para Antichrist Superstar ele serviu como um espelho para o ocidente se enxergar. O mundo moderno, na sua ótica, é um lugar movido pelo medo e pelo consumismo, amplamente habitado por pessoas estúpidas e ignorantes que se escravizam coletivamente ao cruxificar qualquer coisa que considerem diferente ou ameaçador. Sua própria carreira mostrou o quanto estava certo quando a mídia e o lobby cristão o considerou culpado pelo massacre em Colombine.
Em suas músicas o reverendo celebra a moral dos fortes e a decadência do estilo de vida protestante norte-americado, soltando torpedos como esses: "Eu espero ser lembrado, como alguém que destruiu o cristianismo." Ordenado Reverendo honorário da Church of Satan, fazia discursos satânicos em seus shows e rasgava a Bíblia Sagrada e outros símbolos da antiga era enquanto vomitava blasfêmias contra as religiões organizadas.
Marilyn Manson afirmou que seu álbum Antichrist Superstar veio via uma "inspiração sobrenatural": "Eu ouvi esse álbum atentamente assim que ele ficou pronto, eu ouvi este álbum nos meus sonhos... Foi como as revelações que João Batista recebeu... ou algo do tipo."   [www.arcanjomiguel.net]
Mas o que Manson esperava que as pessoas sentissem ao ouvir Antichrist Superstar?  "Acho que todos que ouvirem este disco terão suas idéias de Deus simplesmente destruídas de suas mentes." 

 
 

Blasfêmia pura - Marilyn Manson ( Antichrist Superstar )




 
You built me up with your wishing hell


I didn't have to sell you


You threw your money in the pissing well


You do just what they tell you


REPENT, that's what I'm talking about


I shed the skin to feed the fake


REPENT, that's what I'm talking about


Whose mistake am I anyway?


Cut the head off


Grows back hard


I am the hydra


Now you'll see your star


Prick your finger it is done


The moon has now eclipsed the sun


The angel has spread his wings


The time has come for better things


REPENT, that's what he's talking about


I shed the skin to feed the fake


REPENT, that's what he's talking about


Whose mistake am I anyway?


Cut the head off


Grows back hard


I am the hydra


Now you'll see your star


The time has come it is quite clear


Our antichrist is almost here


Cut the head off


Grows back hard


I am the hydra


Now you'll see your star


When you are suffering know that I have betrayed you 
Tradução Antichrist Superstar
(Anticristo Superstar)


Você me construiu com seu inferno dos desejos


Eu não tive que te vender


Você atirou seu dinheiro no poço de mijo


Você só faz o que eles mandam


Arrepender-se, é sobre isso que estou falando


Eu cubro a pele para alimentar a farsa


Arrepender-se, é sobre isso que estou falando


Que erro sou eu afinal?


Corto a cabeça fora


Cresce mais forte depois


Eu sou a hidra


Agora você verá sua estrela


Fure seu dedo e então está feito


Agora tem um eclipse da lua


O anjo abriu suas asas


Chegou a hora para as coisas amargas


Chegou a hora, está bem claro


Nosso anticristo


Está quase aqui...


Está feito


Chegou a hora está bem claro


Nosso anticristo está quase aqui


Corto a cabeça fora


Cresce mais forte depois


Eu sou a hidra


Agora você verá sua estrela


Quando você estiver sofrendo saberá que eu o traí.

 

 

 
ALGUMAS BANDAS QUE BLASFEMAM CONTRA DEUS EM SUAS CAPAS DE CD

 
Uma Negação Profana

 
"Confessam que conhecem a Deus, mas negam-no com as obras, sendo abomináveis, e desobedientes, e reprovados para toda a boa obra." (Tito 1:16)
Os roqueiros cristãos fazem muitas profissões de fé sobre o Senhor Jesus Cristo, mas assim que a música começa, ocorre uma transformação, pois são tomados pelo espírito de Elvis Presley. O Senhor Jesus advertiu em Mateus 7:21-23:
"Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em tem nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas? Então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade."
Podemos ver então que ser um cristão é muito mais do que simplesmente falar no nome de Jesus. O Senhor Jesus dirá àqueles que estiveram na iniqüidade para se apartarem dele, pois não os conhece.
Na cena do Rock religioso BLACK METAL existem muitas pessoas que professam o nome de Jesus mas o negam pelas obras. Eles sobem no palco ou na plataforma e falam sobre o Senhor Jesus Cristo, porém tocam uma música que está associada com a rebelião, com a imoralidade sexual, com as perversões e com o niilismo. Os rapazes usam jaquetas e calças justas, no estilo de garanhões sadomasoquistas, usam brinco na orelha, cabelos compridos e maquiagem, e as moças usam roupas apertadas, que realçam a sensualidade. Todas essas ações contribuem para negar aquilo que professam.
Na comunicação, há uma parte verbal e uma não-verbal. Para que a mensagem seja compreendida claramente, tanto a comunicação verbal quanto a não-verbal precisam estar em harmonia. Se houver uma contradição entre as duas formas de comunicação, as pessoas acreditarão primeiro na comunicação não-verbal.  [www.arcanjomiguel.net]

 

 

 
Esses roqueiros cristãos fazem verbalmente suas profissões de fé; "Confessam que conhecem a Deus"; mas na comunicação não-verbal, passam uma mensagem diferente, de rebelião, de contemporização com o mundo e de sexualidade.
"Mas negam-no com as obras, sendo abomináveis e desobedientes, e reprovados para toda a boa obra." (Tito 1:16).

 

 
Quando eles afirmam estarem pregando o Senhor Jesus Cristo, na verdade não estão. O que estão realmente fazendo é tomar o santo nome do Senhor em vão. Eles envergonham o nome do Senhor quando o vinculam com algo que não é coerente com sua natureza santa.

 
O Julgamento Virá Sobre o Rock Secular

 
Esta é uma Advertência Para Qualquer Pessoa Que Esteja Envolvida no Rock Secular:
Você está tocando uma música demoníaca que é uma abominação a Deus.
Está prejudicando a si mesmo e ao povo que foi comprado com o precioso sangue de Cristo.

 
O Senhor Jesus adverte:
 

 
"Mas, qualquer que escandalizar um destes pequeninos, que crêem em mim, melhor lhe fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma mó de azenha, e se submergisse na profundeza do mar." (Mateus 18:6)

 
Se você realmente ama o Senhor Jesus, esqueça essa música maligna, pois é inspirada pelo ódio, revolta, possessão. Se não fizer isso, o julgamento de Deus certamente cairá sobre sua vida.

 

 

 
Deus sempre julgou o pecado e a rebelião no passado, e fará isso novamente. Você quer o julgamento de Deus em sua vida?

 
"Mas, quanto àqueles cujo coração andar conforme o coração das suas coisas detestáveis, e as suas abominações, farei recair nas suas cabeças o seu caminho, diz o Senhor DEUS". (Ezequiel 11:21)

 
"Mas, desviando-se o justo da sua justiça, e cometendo a iniqüidade, fazendo conforme todas as abominações que faz o ímpio, porventura viverá? De todas as justiças que tiver feito não se fará memória; na sua transgressão com que transgrediu, e no seu pecado com que pecou, neles morrerá." (Ezequiel 18:24)

 

 

 
A Bíblia adverte:
"Adúlteros e adúlteras, não sabeis vós que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus." (Tiago 4:4)

 
A escolha é sua: obedecer à Palavra de Deus, ou ser um rebelde.

 
"Ah SENHOR, porventura não atentam os teus olhos para a verdade? Feriste-os, e não lhes doeu; consumiste-os, e não quiseram receber a correção; endureceram as suas faces mais do que uma rocha; não quiseram voltar." (Jeremias 5:3)

 
"Agora depressa derramarei o meu furor sobre ti, e cumprirei a minha ira contra ti, e te julgarei conforme os teus caminhos, e porei sobre ti todas as tuas abominações. E não te poupará o meu olho, nem terei piedade de ti, conforme os teus caminhos, assim te punirei, e as tuas abominações estarão no meio de ti; e sabereis que eu, o SENHOR, é que firo."(Ezequiel 7:8-9) [www.arcanjomiguel.net]

 
"Ai dos que ao mal chamam bem, e ao bem mal; que fazem das trevas luz, e da luz trevas; e fazem do amargo doce, e do doce amargo!" (Isaías 5:20)

 
"Porque qualquer homem da casa de Israel, e dos estrangeiros que peregrinam em Israel, que se alienar de mim, e levantar os seus ídolos no seu coração, e puser o tropeço da sua maldade diante do seu rosto, e vier ao profeta, para me consultar por meio dele, eu, o SENHOR, lhe responderei por mim mesmo. E porei o meu rosto contra o tal homem, e o assolarei para que sirva de sinal e provérbio, e arrancá-lo-ei do meio do meu povo; e sabereis que eu sou o SENHOR." (Ezequiel 14:7-8)


 

 
O Propósito da Música
Por que os roqueiros religiosos não somente desejam ter a mesma a aparência, produzir a mesma música, mas também desejam ser aceitos pelo mundo? Querem tocar na MTV e ter suas canções na listas das mais tocadas. O Senhor Jesus Cristo disse em João 15:19-20:

 
"Se vós fôsseis do mundo, o mundo amaria o que era seu, mas porque não sois do mundo, antes eu vos escolhi do mundo, por isso é que o mundo vos odeia. Lembrai-vos da palavra que vos disse: Não é o servo maior do que o seu senhor. Se a mim me perseguiram, também vos perseguirão a vós; se guardaram a minha palavras, também guardarão a vossa."

 
Também lemos em 2 Timóteo 3:12:
"E também todos os que piamente querem viver em Cristo Jesus padecerão perseguições."
Esses versos nos dizem que os cristãos não serão amados e aceitos pelo mundo, pois o mundo em geral rejeita o Senhor Jesus Cristo.
"E a condenação é esta: Que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más." (João 3:19)
À luz da Palavra de Deus, podemos concluir que a música que adora e exalta o Senhor Jesus Cristo será rejeitada pelo mundo. A música que chama as pessoas ao arrependimento, à santidade, à separação, e a uma total consagração ao Senhor Jesus Cristo não será popular aos olhos de um mundo que rejeita a Cristo.
Agora, qual é o propósito da música? Ela tem dois propósitos:
 1) Adorar e glorificar a Deus; 2) Edificar e fortalecer os cristãos. A Palavra de Deus diz:
"Falando entre vós em salmos, e hinos, e cânticos espirituais; cantando e salmodiando ao Senhor no vosso coração."(Efésios 5:19) [www.arcanjomiguel.net]

 
"A palavra de Cristo habite em vós abundantemente, em toda a sabedoria, ensinando-vos e admoestando-vos uns aos outros, com salmos, hinos e cânticos espirituais, cantando ao Senhor com graça em vosso coração." (Colossenses 3:16)

 

 
A música não tem necessariamente o propósito de trazer os perdidos para Cristo, mas é uma forma de adoração e louvor a Deus. Na verdade, a música sacra não é destinada para o mundo. Ela deve ser usada pelos filhos de Deus para adorar e louvar a Deus. Deus não prescreveu que a música deve ser usada para ganhar os perdidos; para isso prescreveu a pregação.
"Visto como na sabedoria de Deus o mundo não conheceu a Deus pela sua sabedoria, aprouve a Deus salvar os crentes pela loucura da pregação." (1 Coríntios 1:21)
O propósito da música sacra não é atrair os não-salvos para o Senhor Jesus. É claro que, às vezes, ela pode atrair os não-salvos, mas não é esse seu propósito. Seu propósito é adorar e louvar a Deus, e não ser usada como um instrumento para alcançar os perdidos. Os perdidos devem ser alcançados com a pregação da Palavra de Deus.

 

 
Como a música é uma forma de adoração, fica corrompida quando é misturada com a carnalidade. A adoração a Deus precisa ser feita com santidade e pureza. Vincular a adoração a um estilo de Rock rebelde, sexual e demoníaco é pura blasfêmia. Deus sempre exigiu justiça e santidade de seus adoradores e esses padrões não foram reduzidos. Da mesma forma como era uma abominação oferecer ao Senhor em sacrifício um cordeiro doente ou defeituoso, assim também é uma abominação oferecer-lhe uma música carnal, mundana, sexual e demoníaca como oferta de louvor.
 

 
Por Que um Cristão Ouviria o Rock Secular?

 
"Porquanto não se executa logo o juízo sobre a má obra, por isso o caração dos filhos dos homens está inteiramente disposto para fazer o mal." (Eclesiastes 8:11)
... ou, talvez, eles não amem realmente ao Senhor Jesus..., ou talvez não sejam realmente nascidos de novo, mas meramente professam serem cristãos.
Como já mencionamos, a Bíblia diz que Satanás foi criado como uma bela criatura musical (Ezequiel 28:13). Como ele tem um talento musical natual excepcional, é tolice imaginar que não usaria a música para enganar e seduzir.
O Rock vem em um pacote de oferta! O ouvinte não recebe apenas a música. Com o tempo, mais e mais dos seguintes frutos malignos manifestam-se em sua vida:
- Rebeldia - Desejo de suicidar-se - Homossexualidade - Violência - Imoralidade - Blasfêmia - Drogas e Álcool - Ocultismo - Mundanismo
A música influencia (de forma negativa, não-bíblica) a moral, os valores e a filosofia de vida de uma pessoa. Como faz isso? A música mesmeriza (hipnotiza) o ouvinte enquanto Satanás põe suas mensagens, sua moral e seus padrões na mente da pessoa, diretamente, ou de forma camuflada.
Não Existem Grupos Neutros de Rock Secular
Não existem grupos de Rock totalmente neutros e adequados para o cristão ouvir. Por quê? Todo grupo de Rock direta ou indiretamente tem canções cujas letras encorajam um ou mais dos seguintes comportamentos: rebelião, imoralidade, uso de drogas, consumo de bebidas alcoólicas, suicídio, violência, e blasfêmias contra Deus. Cite um grupo de Rock que não encoraje alguma forma de mal de acordo com os padrões da Palavra de Deus! Não existe. [www.arcanjomiguel.net]
A música Rock produz: Piedade e pureza, um desejo de estar com Cristo, um coração contrito e arrependido pelos pecados, ou uma atmosfera cristã honrosa?... Não! Se o Rock não faz nada disso, mas faz o contrário, por que o cristão deveria ouvir essa música?
O seguinte é uma citação de David Wilkerson, extraída do seu livro Set The Trumpet to Thy Mouth (Põe a Trombeta à Tua Boca). Ele está falando sobre o problema do Rock religioso, mas também aplica-se aos cristãos que participam do Rock secular. "Somente quem despreza o Senhor Jesus abraçaria aquilo que ele detesta. Somente os rebeldes poderiam comprar um de seus discos. Somente quem tem o coração dividido poderia ir a um desses concertos e assistir aos vídeos. Os vídeos são demoníacos e estão repletos de blasfêmias. O espírito de confusão e de mistura no qual o Rock nasceu irá dominá-lo lentamente e, sem que perceba, vai levá-lo aos altares de Baal. Ria se quiser, mas considere-se avisado." (págs. 113, 114)
Defesa Cega: Alguns roqueiros cristãos ficam bravos quando ouvem alguém falar contra a música demoníaca que amam de coração. Ah, se eles apenas defendessem, amassem e servissem ao Senhor Jesus Cristo com a mesma devoção que têm por essa música! Deus disse: "Porque noutro tempo éreis trevas, mas agora sois luz no Senhor; andai como filhos da luz." (Efésios 5:8) "Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, mas como sábios, remindo o tempo, porquanto os dias são maus." (Efésios 5:16-17)
Rebelião: Muitos que estão envolvidos na cena do Rock religioso recusam-se a dar ouvidos à repreensão e correção das Escrituras. Eles endureceram sua cerviz e decidiram em suas mentes não abandonar a música demoníaca. Não parecem estar preocupados com o fato de essa música ser como vômito na mesa do Senhor e uma abominação diante dele.
"Jesus respondeu, e disse-lhe: Se alguém me ama, guardará a minha palavra, e meu Pai o amará, e viremos para ele, e faremos nele morada. Quem não me ama não guarda as minhas palavras. (João 14:23-24a)
"Por isso saí do meio deles, e apartai-vos, diz o Senhor, e não toqueis nada imundo, e eu vos receberei." (2 Coríntios 6:17)
Os cristãos são um povo peculiar e Deus deseja que vivamos de forma santa, piedosa e separada neste mundo ímpio.
"Ensinando-nos que, renunciando à impiedade e às concupiscências mundanas, vivamos neste presente século sóbria, e justa e piamente." (2 Tito 2:12)

 
 
Os Frutos do Rock Religioso
Esta é uma lista parcial do fruto maligno da música Rock religiosa. De modo algum é uma lista completa.
Conformidade: Há uma clara pressão para a conformação com o mundo em vez da separação daquilo que não agrada a Deus. O Rock religioso é uma imitação barata do Rock secular. Esses roqueiros cristãos tocam no mesmo volume ensurdecedor que os seculares e criam em seus concertos a mesma atmosfera dos bares noturnos e das danceterias, com luzes coloridas, fumaça e outros efeitos especiais. Eles pouco percebem isso, mas identificando-se e imitando a cena secular do Rock, estão indiretamente dando sua aprovação a esse tipo de moralidade e de estilo de vida. Como resultado, são em um caminho de destruição para as outras pessoas. Nota: A razão pela qual a música Rock é tocada em volume tão alto é por que em níveis de decibéis muito elevados, a consciência e as inibições da pessoa são amortecidas. O indivíduo pode ser mais facilmente programado para aceitar os padrões de Satanás, em vez dos padrões de Deus.
O que Deus diz sobre essa contemporização e comunhão com as trevas? Em 2 Coríntios 6:14-17 a Bíblia diz:
"Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas? E que concórdia há entre Cristo e Belial? Ou que parte tem o fiel com o infiel? E que consenso tem o templo de Deus com os ídolos? Porque vós sois o templo do Deus vivente, como Deus disse: Neles habitarei, e entre eles andarei; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo. Por isso saí do meio deles, e apartai-vos, diz o Senhor; e não toqueis nada imundo, e eu vos receberei; e eu serei para vós Pai, e vós sereis para mim filhos e filhas, diz o Senhor Todo-poderoso."
Após ler isso, pode-se ver que apartar-se do mal não é a imitiação barata e a macaquice retratadas na cena do Rock religioso. Novamente, onde está o discernimento entre o bem e o mal dentro da igreja?
Rock Secular: Outro fruto do Rock religioso é que ele leva seus seguidores de volta ao envolvimento com o Rock secular. Muitos jovens cristãos ouvem estações de rádio que transmitem Rock secular e possuem CDs de Rock secular além da coleção de CDs de Rock religioso. Como já foi mencionado, nos concertos de Rock cristão, algumas bandas tocam canções de grupos de Rock seculares para "aquecer" a audiência. Isso expõe os jovens cristãos a todo tipo de sujeira demoníaca e certamente os influencia de uma forma negativa. O perigo é que o Rock religioso leva as pessoas para longe de Deus, da santificação e do estilo de vida separado do mundo, exatamente como o Rock secular os leva para perto do Diabo. Deus diz claramente em Tiago 4:4:
"Adúlteros e adúlteras, não sabeis vós que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus."

 
 
Backward Masking
Backward Masking , é uma técnica usada por musicos e publicitários, para inserir mensagens subliminares em músicas e jingles. A técnica Backward Masking, se resume em colocar mensagens invertidas em musicas, sendo assim, elas somente serão percepitíveis se a música for executada ao contrário.
Alceu Valença - Na música "Anunciação", quando executada ao contrário, ouve-se duas mensagens:
1ª primeira:"Tudo isso nós dois.... Domingo de manhã vamos sair e curtir....Anjo sujo é Jeová".
2ª segunda:"Servo, Servo"
Beatles - No final da música "Rain", percebe-se palavras embaralhadas, mas quando executada ao contrário, constata-se que somente são trechos da música.
Claudinho & Buchecha - Na música "Uma noite e meia", quando executada normalmente no trecho ouve-se várias vezes "uma noite e meia virando sereia", porém quando executada ao contrário ouve-se "Arere é sangue, arerê é do diabo".
Def Leppard - Uma das mensagens mais nítidas é a que há na música "Rocket", quando executada ao contrário, percebe-se em vários trechos a frase: "we're fighting with the gods of war" ("Estamos lutando com os deuses da guerra").
Eagles - Na conhecidissima música "Hotel Califórnia", quando executada ao contrário, ouve-se frases de cunho religioso fazendo referências ocultistas, sendo que uma delas é a seguinte frase: "Yes Satan" ("Sim Satanás").
Engenheiros do Hawai - Se você ainda tem dúvidas quanto as mensagens subliminares, então preste atenção. Na música "Ilusão de Ótica", quando executada normalmente no trecho ouve-se "Olha, não roda assim, não gosto que rode assim...", porém quando executa ao contrário, ouve - se o seguinte: "Por quê você está ouvindo isto ao contrário, o que você está procurando, hein?".
George Harrison - Quando você ouve a música "My sweet lord", você pensa que ele está falando de Jesus, porém se você prestar atenção, o coral repete no fundo, "hare krishna" (deus hindú).
Gabriel o Pensador - Na música "Lôra Burra", no trecho "lora bura, lora burra, lora burra...", quando executada ao contrário encontra-se a seguinte mensagem: "Raul falou, Raul falou, Raul falou... do diabo, espaçonaves...". Estaria ele fazendo menção à obra de Raul Seixas?
Iron Maiden - Na música "Still Life", Onde o baterista Nico Mcbrain pronuncia em dialeto rasta a frase: "what ho sed de t'ing wid de t'ree bonce" ("o que disse o monstro de três cabeças") e em inglês "don't meddle wid t'ings you don't understand" ("Não brinque com coisas que não entende").
Led Zeppelin - Na mais famosa música da banda, "Stairway to Heaven", foram encontradas várias mensagens:
1ª primeira: "Oh it's my sweet Satan" ("Oh, é meu doce satanás").
2ª segunda: "The one will be the path would make me sad whose power is Satan" ("Único será o caminho que me deixará triste, cujo poder é Satan").
3ª Terceira: "wish it would snow" (Eu gostaria que nevasse").
4ª Quarta: "Six, six, six" ("Seis, seis, seis").
Na música "Over the Hills and Far Away" (Led Zeppelin), quando executada ao contrário, pode ser ouvida a seguinte mensagem: "Satan's really lord" ("Satanás relmente é o senhor").
Legião Urbana - Na música "Pais e Filhos", no trecho "...Fugir de casa, posso...", quando executado ao contrário, ouve-se a mensagem: "...satanás aqui...".
 

 

 

 


Menudo - Na música "Não se reprima", no trecho em que se repete várias vezes "não se reprima", quando executado ao contrário ouve-se várias vezes "satanás vive".

 
Pink Floyd - Na música "Empty Spaces", quando executada ao contrário percebe-se a voz de Roger Waters falando: "Congratulations, You have just discovered the secret message. Please send your answer to 'Old Pink', Care of the funny farm, Chalfont..." ("Parabéns, Você descobriu a mensagem secreta. Por favor envie sua resposta para o Velho 'Pink', aos cuidados da engraçada fazenda, Chalfont...").
Prince - Na música "My Darlind Nikki", quando executada ao contrário, percebe-se um coral evangélico cantando sendo que um dos trechos diz: "Hello? How are you? I'm fine, cause I know the Lord is comming!" ("Olá, como vai? Eu vou bem, pois sei que o Senhor está vindo!").
Roberto Carlos - Na música "Guerra dos meninos", no trecho "...Vi minha esperança na voz de um menino que sorrindo me acompanhava...", quando executado ao contrário ouve-se a 1ª mensagem e no trecho "...onde já marchavam mais de cem....", quando executado ao contrário, ouve-se a 2ª segunda mensagem.
1ª primeira - " ...O inimigo sim, o mínimo Jeová, essa legião inimiga..."
2ª segunda - "...E esse diabo vai chamar de novo..."
Raul Seixas - Na música "Maluco Beleza", quando exexutada ao contrário, ouve-se nitidamente a seguinte mensagem: "Ih, Jesus tá fo**!" ("fo**" = palavrão/xingamento).
Na música "Mosca na Sopa", que na verdade é "1 ponto" ou uma cantiga do candoblé e que foi gravada em um terreiro, quando executada ao contrário percebe-se duas mensagens:
1ª primeira: Ele sussura por duas vezes a palavra diabo.
2ª segunda: Ele pronuncia a frase: "Ouça o sinhô zumbi, vai......ocê"
Xuxa - Na música "Meu cãozinho xuxo", quando executada ao contrário, ouve-se a seguinte mensagem: "Meu Anjo é o Diabo e o mundo tem que ter esse seu amor que recebo". Na música "Marquei um X", observe que ela fala três vezes o X (Xis), ou seja, Xis, Xis e Xis, considerando que Xis invertido é Six (Seis em inglês), teremos Six, Six e Six (Seis, Seis e Seis - 666). Esta mesma música quando executado ao contrário, ouve-se a seguinte mensagem: "Jesus é exu, exu é ei". Na música "Doce Mel", quando executada ao contrário, ouve-se a seguinte mensagem: "Adore Hare Krishna (deus hindú), afronte Javé".
Zélia Duncan - Na música "Minha fé", no trecho "a minha fé........espero me quero...", quando executada ao contrário encontra-se: "e é macio saber que os vazamentos nem suja a mão e assusta mais...".
 
Espero que Deus possa iluminar nossas mentes e possamos extrair coisas boas do assunto aqui exposto, que o amor e a paz do Senhor esteja em nossas vidas, e que possamos realmente ouvir tudo aquilo que ele tem pra nós.
Créditos - http://fernandopasserini.blogspot.com.br/2011/04/ocultismo-e-satanismo-na-musica-no-rock.html
Fonte:http://www.arcanjomiguel.net
Clevinho Maia (Combatentes de São Miguel Arcanjo)

 

Símbolos satânicos e seus Significados

 
O apostolo Paulo em II Cor 11 2,3 nos diz as seguintes palavras: Porque estou zeloso de voz com zelo de Deus; porque vos tenho preparado para vos apresentar como uma virgem pura a um marido a saber a Cristo. Mais temo que, assim como a serpente enganou Eva com a sua astúcia, assim também sejam de alguma sorte corrompida, os vossos sentidos, e se apartem da simplicidade que há em Cristo.
Em I Ped. 5.8 diz. Sede sóbrio: e vigiai: porque o diabo vosso adversário, anda em derredor. Bramando como leão, buscando a quem possa tragar.

Fonte:http://www.arcanjomiguel.net
Clevinho Maia (Combatentes de São Miguel Arcanjo)

Avenged Sevenfold - Nightmare
Composição: The Vaselines, Ano de Lançamento: 1988, Regravações: Nirvana.


Pesadelo
(Agora seu pesadelo veio à vida)

Te arrastou pra baixo
Para o programa do Diabo
Para ser seu convidado pra sempre
Paz de espírito é menor do que nunca!

Odeio distorcer sua mente
Mas Deus não está ao seu lado
Um antigo conhecido decepado
(O resultado do seu último desafio!)

Carne queimando, o cheiro está no ar
Pois homens como você tem uma alma tão fácil de roubar

Então fique na fila enquanto pintam números na sua cabeça
Agora você é um escravo até o fim dos tempos aqui
Nada impede a volta da loucura
Assombrando, esperando ansiosamente, puxe o gatilho!

Você deveria saber o preço do mal
E dói saber que você faz parte daqui, yeah
É o seu maldito pesadelo!
(Enquanto seu pesadelo vem à vida)

Não pode levantar suando
Porque ainda não acabou
Ainda está dançando com seus demônios
(Vítima de sua própria criação!)

Por trás da vontade de lutar
Onde tudo que é errado está certo
Onde o ódio não precisa de uma razão
(O amor é o próprio homicídio!)

Mentiram para você só pra te livrar da sua visão
E agora eles têm coragem de lhe dizer como se sentir
Tão dopado como se tivessem medicado o seu cérebro
E enquanto você lentamente fica insano eles te dizem
"Tenha as melhores intenções e eles não terão
complicações! "

Você deveria saber o preço do mal
E dói saber que você faz parte daqui, yeah
Ninguém para chamar
Todos a temer
Seu destino trágico parece tão claro, yeah
Ooh é o seu maldito pesadelo, ha-ha-ha-ha!

Lute! (Lute!)
Pra não falhar (Falhar!)
Pra não cair (Cair!)
Ou você vai acabar como os outros

Morra! (Morra!)
Morra de novo (Morra!)
Encharcado em pecado (Pecado!)
Sem respeito por outro

Morte! (Morte!)
Sinta o fogo! (Fogo!)
Sinta o ódio! (Ódio!)
Sua dor é o que desejamos

Perdido, (Perdido!)
Acerte a parede! (Parede!)
Ver você rastejar (Rastejar!)
Tal como um mentiroso substituível

E eu sei que você ouve a voz deles
(Chamando de lá de cima)
E eu sei que eles podem parecer reais
(Estes sinais do amor)
Mas a nossa vida é feita de escolhas
(Algumas sem apelação)
Eles não deram valor à sua alma
e agora é nossa para roubarmos
(Conforme o seu pesadelo vem à vida!)

Você deveria saber o preço do mal
E dói saber que você faz parte daqui, yeah
Ninguém para chamar, todos a temer
Seu destino trágico parece tão claro, yeah
Ooh é o seu maldito pesadelo!
O que a Mídia diz?

Para a mídia enganada, essa música é uma música que fala coisas legais, que é apenas uma música de ficção, de filme de horror, e que não há nada demais, mas...

Decifrando a Letra, a opinião do autor do Blog:

Essa música mesmo que fosse falando somente de filme de horror, e de uma ficção, já seria o suficiente para chamá-la de satânica e demoníaca, pois um filme de horror é satânico, e é demoníaco, e não há nada bom nesses filmes, e se alguns acham isso legal, saiba que não há nada legal e nem de Deus e de Jesus Cristo nisso, pois essa música é extremamente satânica, em todos os momentos, fala de um pesadelo, de horror, fala do sofrimento do inferno, de como é lá, fala até mesmo do diabo, menciona ele, fala que estão distorcendo sua mente, eles estão distorcendo a sua mente, diz que Deus não está do seu lado, diz que seres como você teem uma alma muito fácil de roubar, viu, eles estão roubando sua alma, estão dizendo que estão pintando números na sua cabeça, só pode ser o número da besta, pois essa música só fala em diabo, inferno, e destruição do ser e da alma, de lamento tristeza e sofrimento, em "Então fique na fila enquanto pintam números na sua cabeça", e na parte, "Agora você é um escravo até o fim dos tempos aqui", viu eles te querem como escravo até o fim dos tempos, na parte, "Nada impede a volta da loucura", estão dizendo que você ficará louco, e na parte, "Assombrando, esperando ansiosamente, puxe o gatilho!", eles estão te incentivando a puxar o gatilho, a cometer uma besteira, na parte, "Ainda está dançando com seus demônios", eles dizem que você está dançando com demônios, vejam só, na parte, "Onde o ódio não precisa de uma razão", eles estão incentivando o ódio, e na parte, "O amor é o próprio homicídio!", eles dizem que o Amor é o próprio suicídio, uma grande mentira, na parte, "Lute, Pra não cair (Cair!)", eles estão dizendo que você vai cair, não adianta tentar, na parte, "Morte! (Morte!) Sinta o fogo! (Fogo!) Sinta o ódio!
Fonte: http://decifrandoasletras.blogspot.com.br/
http://www.arcanjomiguel.net

Clevinho Maia (Combatentes de São Miguel Arcanjo)



 

Ajude divulgar nosso site vote no botão +1 google

Deixe Seu Comentário:
Os comentários não representam a opinião do portal;
a responsabilidade é do autor da mensagem
.
* leia os termos de uso dos comentários.